Paulista investe na modernização do sistema tributário para dinamizar serviços e ampliar arrecadação

A Prefeitura do Paulista a partir de agora, conta com um moderno sistema tributário. A nova plataforma eletrônica vai ajudar o município a dinamizar o atendimento aos contribuintes e ampliar o poder de arrecadação de receita. Por isso, quem precisa resolver alguma pendência junto ao Fisco Municipal não deve perder tempo. Questões de IPTU, Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), Nota Fiscal Avulsa, ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens e Imóveis), entre outros serviços, podem ser solucionados na Sala do Contribuinte, que fica na Av. Marechal Floriano Peixoto, S/N, Centro da cidade.

Além do atendimento presencial, que acontece de segunda a sexta, das 08h às 13h30, o público pode usar outros dois meios para se comunicar com a Secretaria de Finanças. O primeiro é pelo fone 3437.4342, onde são fornecidas informações e orientações em geral. Outra possibilidade é por meio do endereço eletrônico:arrecadação.serec@paulista.pe.gov.br. Nesse canal, os contribuintes podem solicitar emissão de DAM (Documento de Arrecadação Municipal) de IPTU, NF-e; BIC (Boletim de Informações Cadastrais), etc.
O secretário de Finanças do Paulista, Rafael Siqueira, explicou que a mudança do sistema representa um avanço. “Estamos trabalhando para oferecer o melhor aos contribuintes da cidade. A implantação da nova plataforma vai nos ajudar a incrementar receita para qualificar os serviços públicos prestados à população. Não tenho dúvida de que vamos colher bons frutos com essa medida”, comentou. A chegada do sistema é apenas uma das iniciativas que estão sendo colocadas em prática na secretaria. Destaque também para a criação da Secretaria-Executiva de Receita.

O novo setor, inclusive, alterou o vencimento do IPTU 2017 para o dia 28 de abril por conta do processo de modernização do sistema. A entrega dos carnês nas residências dos contribuintes têm início neste sábado (25)  na região das praias. A Secretaria Municipal de Finanças oferece até 20% de desconto para quem optar pela cota única. 

O abatimento não será concedido se o morador fizer o pagamento parcelado ou se possuir algum tipo de pendência financeira com o Fisco municipal. É possível dividir o valor do imposto em até nove meses, sendo a primeira com vencimento em 28 de abril e a última em 29 de dezembro.
https://syndication.exdynsrv.com/splash.php?idzone=2574917