Ivan Moraes debate atraso em pagamentos de cachês artísticos

O atraso no pagamento dos cachês dos artistas e grupos culturais que prestaram serviço nas grandes festas de rua promovidas pela Prefeitura do Recife foi tema de audiência pública realizada hoje, 12, pelo vereador Ivan Moraes (PSol). “Em janeiro, quando tomamos posse, nosso mandato fez um pedido de informação ao Poder Executivo indagando quais artistas, grupos, agremiações e orquestras contratadas nos últimos quatro ciclos carnavalescos ainda possuem pendência de pagamento. Como não obtivemos resposta durante três meses, marcamos a audiência pública para hoje quando iríamos ouvir as pessoas envolvidas”, contextualizou Ivan.

Somente na noite de terça-feira, 11, às vésperas da audiência pública é que a Fundação de Cultura Cidade do Recife enviou a resposta ao pedido que foi protocolado no dia 20 de janeiro. “A audiência pública foi convocada a partir de uma demanda da classe artística para tratar da regulamentação dos prazos de pagamento dos cachês e da transparência dos mesmos”, reafirmou o vereador. Entre o pedido de informação e a realização da audiência pública ocorreu um novo fato na Câmara Municipal do Recife. No dia 22 de março o projeto de lei 249/2015, de autoria de outro vereador, Wanderson Florêncio (PSC), foi aprovado em segunda votação e agora depende da sanção do prefeito Geraldo Júlio. Ele dispõe sobre a contratação artística pelo poder público municipal.

“O projeto de lei foi aprovado e nós o apoiamos, pois o nosso mandato não vai atrapalhar as boas coisas em favor da cultura popular. Mas acreditamos que ele não é suficiente para atender a todos os interesses dos artistas populares e grupos culturais”, afirmou Ivan Moraes. Como os dois assuntos são correlatos Ivan Moraes convidou para a mesa de debates da audiência pública  o vereador Wanderson Florêncio; o presidente da Fundação de Cultura Cidade do Recife, Diego Rocha; os titulares dos ciclos Culturais do Conselho Municipal de Política Cultural, Hermes José da Silva; e Cláudio Brandão. “Os atrasos do pagamento dos cachês artísticos tem sido uma tônica no meio cultural. O pagamento normalmente atrasa”, disse Ivan Moraes.

Nenhum comentário

https://syndication.exdynsrv.com/splash.php?idzone=2574917